notícia

Emoção na XXV Fenajeep

23/06/2018

A tarde deste sábado, 23 de junho, foi especial para a XXV Festa Nacional do Jeep. Isso porque o evento contou com uma participação especial: a pequena Alice Vitória Severino, de cinco meses. Alice nasceu prematura e foi uma das dezenas de bebês que utilizaram a incubadora doada com os recursos arrecadados na edição de 2017 da Fenajeep, ao Hospital Azambuja.
Na edição de 2017 da Festa, cada pessoa que participou do evento contribuiu para a doação de uma incubadora, um monitor multiparamétrico e um oxímetro portátil, que foram destinados ao hospital. Os três equipamentos passaram a dar maior segurança às crianças prematuras que nasceram e nascem diariamente no local, que atende as cidades de toda a região.
A presença de Alice no maior evento off-road da América Latina mostrou que além de aventura, diversão e adrenalina, a Fenajeep, através do seu lado social, também transforma vidas.

Vitória
Acompanhada dos pais, Letícia Schlosser Severino e Ricardo Severino, Alice marcou a presença no evento e emocionou o público presente. A família, que mora em Guabiruba, também foi acompanhada pela enfermeira do Hospital Azambuja, Catiane Guizzo, que representou a instituição.
Alice nasceu no dia 18 de janeiro deste ano, com apenas 32 semanas, pesando 1 quilo e 448 gramas. Por 20 dias ela precisou ficar na incubadora do Hospital de Azambuja, até alcançar o peso ideal, além de mais alguns dias internada até estar forte para ir para casa.
“Foi um momento muito especial estar aqui com ela. Para nós, ela é um presente de Deus e, se não fosse pela incubadora, talvez ela não estaria aqui conosco hoje. Essa atitude da Comissão Organizadora da Festa, em fazer esse tipo de doação ao hospital é muito importante, pois salva vidas. Sem isso, outras crianças não poderiam estar hoje junto com seus pais, por isso agradecemos a todos que contribuíram para isso”, declarou a mãe Letícia.
Da mesma forma a enfermeira do Hospital Azambuja destacou o quanto o aparelho é fundamental para a evolução dos bebês. “É gratificante. Essa doação foi muito bem vinda. Estamos muito felizes em ver a Alice como está, já que acompanhamos ela e a mãe, quando a bebê ainda estava na barriga. Ficamos muito felizes por essa atitude da organização, que muda a vida dessas famílias e crianças”, acrescentou.

Comunidade beneficiada
O presidente do Brusque Jeep Clube e da Comissão Organizadora da XXV Fenajeep, Vilmar Walendowsky, falou sobre a emoção em saber a diferença que os aparelhos têm feito na vida de dezenas de famílias. “Ficamos muito gratos em ver que, que o público da Fenajeep vem em grande número e contribui para essa ação social. Antes mesmo de doarmos oficialmente os equipamentos, o hospital nos solicitou a incubadora, pois era necessário. Então, ao vemos essa criança com vida, saudável, é muito gratificante. Uma das minhas filhas nasceu de 6 meses e meio e, na época, uma incubadora mais simples já fez a diferença nas nossas vidas. Então para nós é uma alegria muito grande poder contribuir e ver esse resultado”, completou.