notícia

A gastronomia da Fenajeep

22/06/2018

Com abertura da bilheteria às 7h30 e programação que segue até as 22h, a Festa Nacional do Jeep oferece um completo serviço de bar e cozinha. Não é preciso deixar o Pavilhão da Fenarreco para se alimentar, já que no local há opções gastronômicas para todas as horas e para todos os gostos.
Quem chega cedo pode aproveitar um cafezinho da manhã já no local. Tem expresso, passado, capuccino e chocolate quente. “Compramos uma máquina que permite a mistura do café expresso com o capuccino, que apelidamos de Café 4x4, tudo a ver com a energia que se precisa ter para encarar esse evento”, explica o proprietário do Jeep Café, o estudante de gastronomia Pedro Witkowsky.
Um cafezinho saboroso também pode ser apreciado no Food Truck Nani Petit, que ainda serve deliciosos churros gourmets e açaí. A gestora do espaço, Elaine Cristina Bittencourt, afirma que o campeão de vendas é o churros de Nutella, embora as versões com cobertura de frutas também despertem a atenção. “Aqui o cliente tem a possibilidade de montar o seu churros. É ele quem escolhe o recheio e os dois acompanhamentos”, afirma.
Já próximo do meio-dia, quem não abre mão de um sagrado almoço, pode se deliciar com a gastronomia do Campi Restaurante. Há uma grande variedade de carnes, saladas e acompanhamentos. Mas, já que a Fenajeep nasceu em Brusque, não pode faltar no cardápio o tradicional marreco com repolho roxo. É provar e aprovar!


Food Trucks

Ao todo, oito caminhões Food Trucks fazem parte das opções gastronômicas da Fenajeep. O espaço está montado bem próximo da pista, o que permite ouvir cada novidade da competição. O empresário Samuel de Oliveira, da Detroit Burger é o responsável pelo projeto e garante que buscou novidades e qualidade para esta seleção.
“O conceito de Food Truck se originou na Europa e se espalhou pelo mundo. Começou a partir de chefs de cozinha que decidiram abandonar seus restaurantes e optaram por fazer viagens, levando comida de qualidade para todas as pessoas, em todos os lugares”, conta Samuel, que trilha um caminho parecido. Ele, que já manteve por nove anos um restaurante fixo em Brusque, abandonou a carreira e, ao lado da esposa, agora mantém o Detroit Burger e o Magic Pizza, dois Food Trucks criados em ônibus americanos, que rodam por todo o Brasil e América do Sul, oferecendo criações exclusivas de hambúrguer artesanal e pizza.
“O Detroit Burger mantém o conceito americano e trabalha com uma carne nobre, o red angus, do boi confinado argentino”, explica.
Já as pizzas são vendidas em fatias, 11 sabores tradicionais e quatro especiais, entre salgadas e doces. As campeãs de preferência são as de berinjela siciliana e a de Ferrero, formada por chocolate branco e nozes.
Um dos Food Trucks que já caiu no gosto do público da Fenajeep é o Mr. Blend, propriedade de Joca Farias, de Blumenau. Sua proposta é servir espetinhos, batata frita, petiscos com pão defumado e o famoso entrevero. Para os clientes também é oferecido como cortesia o pinhão. “Atendi uma família do Amapá que nunca tinha visto pinhão, nem sabia como se comia. Proporcionar estas novas experiências gastronômicas é muito legal”, observa.
Também na linha de petiscos, mas com ênfase nos salgadinhos, há a opção da Tentação no Copo. Coxinha e kibe de todos os sabores são comercializados no local. Ao lado deles está o Food Truck The Camaron, que oferece frutos do mar e batata frita. A Omelett também desperta atenção, em servir o ovo apenas como base para um espetáculo do sabor. Há omelete de lingüiça Blumenau, bacon, tomate seco, strogonoff de carne e o carro chefe: tilápia. Neste mesmo espaço também é vendido tapioca doce e salgada.
E, para finalizar, doces e sorvetes franceses. Isso mesmo! A Dagniaux comercializa sobremesas, milkshakes e picolés fabricados na França, uma oportunidade de apreciar sabores bem diferenciados.