notícia

Hasteamento da bandeira nacional marca início da XXV Fenajeep

21/06/2018

O fim de tarde desta quinta-feira, 21 de junho, em Brusque, estava cinzento, mas o céu nublado deu lugar a um lindo pôr do sol, que iluminou o horizonte e trouxe cor ao momento em que foi hasteada a bandeira do Brasil sobre a pista da XXV Fenajeep. O grandioso símbolo que já é marca registrada da Festa Nacional do Jeep, traduz a alegria, o orgulho e a paixão dos amantes do mundo off-road, que anualmente se reúnem na ‘cidade dos tecidos’ para fazer os motores roncarem e levantar poeira.

O hasteamento da bandeira marcou o início da edição especial de 25 anos da Fenajeep e foi acompanhado por 30 militares do Tiro de Guerra de Brusque, que ao som da orquestra do Colégio Cônsul Carlos Renaux, cantaram o hino nacional à medida em que a gigante verde e amarela era erguida por um guindaste, que a sustentará a 50 metros de altura, até o final do evento, no domingo, 24 de junho.

O comandante do Tiro de Guerra, subtenente Rubens Justiniano Evangelista, destaca ser uma grande satisfação reverenciar um dos principais símbolos brasileiros durante a Fenajeep. “O Tiro de Guerra procura diariamente estar resgatando nos jovens os valores cívicos e morais. Essa é uma oportunidade de reverenciarmos a bandeira nacional perante o público externo e passar essa lição de respeito que nosso Exército tem e que todo cidadão brasileiro deve ter também. Precisamos transmitir a importância de manter vivo o civismo e o sentimento de orgulho pelo Brasil”, observou o comandante.

Para o presidente da Comissão Organizadora do evento, Vilmar Walendowsky, é difícil descrever a emoção no momento em que a bandeira é erguida. “O coração sempre bate mais forte porque realmente ela representa a grandiosidade do nosso país, a garra e o entusiasmo do nosso povo, que tem tudo a ver com a Fenajeep, que é a maior festa off-road do país e reúne pilotos de todos os estados que dão o seu melhor para alegrar o público e conquistar o lugar mais alto do pódio”, frisou Negão.